Blog: ederson

O que é Seis Sigma?

A metodologia Seis Sigma é um sistema de gestão quantitativa, estruturada e disciplinada.

🔴Quantitativa, por trabalhar com estatística baseada em dados;

🔴Estruturada, porque utiliza o método #DMAIC(que falaremos em outro feed);

🔴Disciplinada, pois exige um tempo mínimo de dedicação em função de um bom resultado.

Essa metodologia trabalha com três grandes objetivos, que são:

🔵Redução de custos;

🔵Otimização de produtos;

🔵e processos e incremento da satisfação do cliente.

Mas a Seis Sigma não é somente para questões complexas, existem projetos Seis Sigma para redução de custos fixos como conta de luz, conta de água, de custos de hospedagens em viagens e muitos outros.

Outro uso muito frequente pelas empresas é para reduzir o #Lead Time de processos, aumentando a satisfação e a fidelização de seus clientes.

Por que o nome Six Sigma?

Todo processo tem uma medida esperada e todos esses processos sofrem alguma variação. A medida dessa variação é chamada sigma.

O Seis Sigma tem este nome porque há 6 níveis de qualidade, sendo que cada etapa (chamada de sigma – σ) apresenta a quantidade máxima permitida de defeitos por milhão.

É medida a frequência com que erros são cometidos, com o objetivo de atingir estatísticas próximas ao sexto nível sigma (6-sigma).

Quando falamos em “6 Sigma”, entende-se a redução da variação no resultado entregue aos clientes numa taxa de 3,4 falhas por milhão ou 99,99966% de perfeição.

Confere a tabela de níveis Sigma no (defeitos por milhão ;) no destaque 6 Sigma.

Áreas de aplicação do Seis Sigma

Um dos fatores interessantes da metodologia 6 Sigma é que ela pode ser aplicada em diversas áreas. Pode englobar tanto processos produtivos nas industriais, como também em processos administrativos (Lean Office), logísticos (Logística Lean) e relacionados a área de saúde (Lean Healthcare).

A metodologia 6 Sigma tem inúmeras aplicações, sendo cada vez mais utilizada, em empresas que precisam ou querem reduzir custos e otimizar resultados.

Continua ai que falaremos de #DMAIC.

Você Conhece O Método Pomodoro?

A anos Venho utilizando e escrevendo sobre o método Pomodoro e você sabe o que torna o Pomodoro tão único? Simplicidade! Pomodoro é um método de gerenciamento de tempo desenvolvido por Francesco Cirillo no final dos anos 1980. A técnica utiliza um cronometro para dividir o trabalho em períodos de 25 minutos chamados de ‘pomodoros’.

O método é baseado na ideia de que pausas frequentes podem aumentar a agilidade mental e busca fornecer uma resposta eficaz a um estado provocador de ansiedade chamado de temporal, “becoming” nos trabalhos de Henri Bergson e Eugene Minkowski.

Você Sabe Como a Técnica funciona?

🔵 Escolha uma tarefa a ser cumprida;

🟢 Defina o #Pomodoro a 25 minutos (o Pomodoro é o temporizador);

🟡 Trabalhe sua tarefa até que o Pomodoro determinado seja cumprido e coloque um cheque em sua lista;

🔴 Faça uma pausa curta (5 minutos); A cada 4 Pomodoros dar uma pausa maior(sugestão de 15 min); Essa “pausa maior” é geralmente da ordem de 15-30 minutos, ou o que for preciso para fazer você se sentir recarregado e pronto para começar outra sessão de trabalho de 25 minutos.

Repita esse processo algumas vezes ao longo de um dia de trabalho.

Nem só de Scrum, Kanban, Lean vivemos. Aqui você vai ver muitos outros métodos que podem ser usados individuais ou acoplados aos tradicionais.

Como o #Pomodoro pode ajudar?

A Técnica Pomodoro não é apenas ajudar você a fazer as coisas hoje; Trata-se de aprender como você trabalha para que você possa economizar tempo no futuro.

🍅 TRABALHAR COM TEMPO – NÃO CONTRA-O-TEMPO Para muitas pessoas, o tempo é um inimigo. Nós corremos contra o relógio para terminar as atribuições e cumprir os prazos.

🍅 GERENCIAR SUAS DISTRAÇÕES Uma distração pode ser uma chamada no Facebook, ou, de repente, percebendo que você precisa mudar o óleo em seu carro, muitos pensamentos e eventos, distrações surgiram quando você está no trabalho.

🍅 TRABALHO/VIDA PESSOAL A maioria de nós está intimamente familiarizado com a culpa que vem de procrastinar. Se não tivermos um dia produtivo, é muito fácil acabar sentindo que não podemos aproveitar o nosso tempo livre.

🍅 ENCONTRAR QUANTO DE ESFORÇO UMA ATIVIDADE EXIGE Já se perguntou onde está todo o seu tempo? Não me pergunto mais: está tudo na página. A sua Folha do Pomodoro To-Do é uma visão geral do tempo gasto em várias tarefas.

🍅 APRENDENDO A LIDAR COM INTERRUPÇÕES Normalmente, você pode demorar 25 minutos antes de ligar para um amigo ou responder a um e-mail. Você aprenderá a lidar com a interrupção inevitável, mantendo-se focado na tarefa em questão.

🍅 ESTIMATIVA DE ESFORÇO PARA SUAS ATIVIDADES Uma vez que você tenha obtido o tempo necessário para tarefas comumente necessárias, você poderá prever com precisão quantos Pomodoros serão necessários para realizar as tarefas futuras.

Por que Usar um Sistema Kanban?

Como deve se tornar evidente nos próximos capítulos, nós usamos um sistema #kanban para limitar o trabalho-em-progresso de uma equipe para definir a capacidade e equilibrar a demanda sobre a equipe em relação ao rendimento do trabalho entregue.

Fazendo isso, podemos conseguir um ritmo sustentável de desenvolvimento para que todos os indivíduos possam alcançar um equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

E tem alguns quadros que ficam uma verdadeira obra de arte, concorda?

Softwares para uso do #Kanban

Conheça alguns softwares que possibilitam o uso do Kanban.

🔵 Um dos maiores e mais conhecidos é o #Jira, uso a algum tempo e é muito bom, porém tem um alto custo para as empresas.

🟢 O #Trello tem possibilidade de uso gratuito e eu uso direto para muitos kanbans. Inclusive quando preciso de quadros entre equipes e equipes entre empresas;

🔴 O #Asana permite, assim como os anteriores, a personalizar seu fluxo de trabalho em um quadro Kanban;

🟡 E para fechar o #Flow-e, que tem como proposta planejar e executar seus projetos sem sair da sua caixa de entrada.

Eai? curtiu? Comenta e nos conta se você usa ou conhece algum bom software para Kanban que não esta nesta lista.

O que é um Sistema Kanban?

Em literal, um Sistema Kanban possui um certo número de kanbans(ou cartões) equivalente à capacidade(em acordo) de um sistema é colocado em circulação.

Um cartão é anexado a um trabalho. Cada cartão age como um mecanismo de sinalização.

Um novo trabalho pode ser iniciado apenas quando um cartão está disponível. Este cartão livre é anexado a um trabalho e o segue à medida que ele flui através do sistema.

Quando não há mais cartões livres, nenhum trabalho adicional pode ser iniciado. Qualquer novo trabalho deve esperar em uma fila até que um cartão esteja disponível.

Quando algum trabalho for concluído, seu cartão é liberado e reciclado. Com um cartão agora livre, um novo trabalho da fila pode ser iniciado.

Este mecanismo é conhecido como um sistema puxado porque o novo trabalho é puxado para o sistema quando existe capacidade para lidar com ele, em vez de ser empurrado para o sistema com base na demanda.

Um sistema puxado não pode ser sobrecarregado se a capacidade, conforme determinado pelo número de cartões sinalizadores em circulação, tiver sido configurada adequadamente.

🟦Kanban Aplicado ao Desenvolvimento de Software

No desenvolvimento de software, usamos um sistema kanban virtual para limitar o trabalho-em-progresso.

Embora “kanban” signifique “cartão sinalizador” e não existem cartões utilizados na maioria das implementações de Kanban no desenvolvimento de software, estes cartões não funcionam realmente como sinais para puxar mais trabalho.

Em vez disso, eles representam itens de trabalho. Daí o termo “virtual”, porque não há nenhum cartão sinalizador físico.

O sinal para puxar o novo trabalho é inferido da quantidade visual dos trabalhos-em-progresso subtraído de algum indicador do limite(ou capacidade).

Alguns profissionais aplicaram kanban físico usando técnicas como post-its ou blocos.

6 Práticas importantes do Kanban

O Kanban tem 6 Práticas importantes, conforme identificado por David Anderson, que precisam estar presentes para uma implementação bem-sucedida:

Visualizar o Fluxo de Trabalho; Limitar Trabalho em Progresso; Gerenciar o Fluxo; Construir Políticas de Processo Explícitas; Feedback Loops; Melhorar a Colaboração (usando modelos & o método científico);

Os 4 Princípios Fundamentais do Kanban

1º Princípio do Kanban: Começar Com O Que Você Já Faz;

A flexibilidade do Kanban faz com que ele funcione com os processos, sistemas e fluxos de trabalho existentes, introduzido incrementalmente. Fácil de ser implementado já que não há necessidade de grandes mudanças.

2º Princípio do Kanban: Aceitar a Busca por uma Mudança Evolutiva e Incremental;

O #métodoKanban foi projetado para criar mínima resistência, encorajar pequenas mudanças incrementais e evolutivas ao processo atual.

3º Princípio do Kanban: Respeitar os Processos, as Funções & Responsabilidades Atuais;

Processos, funções, responsabilidades e títulos existentes possuem valor e, geralmente, valem a pena ser preservados.

4º Princípio do Kanban: Encorajar Atos de Liderança em Todos os Níveis;

O mais novo princípio Kanban. É importante que todo mundo adote a mentalidade de melhoria constante (#Kaizen), para atingir um desempenho ótimo a nível de time/departamento/empresa.